Endodontia: Tratamento de Canal


A endodontia é a área da odontologia clínica que atua na região conhecida como “canal”, onde a polpa dental necessita de intervenção com objetivo de recuperar e reabilitar a função mastigatória, uma vez que a ausência de um dente prejudica muito o equilíbrio e a qualidade da mastigação, e também afeta a estética e auto estima pessoal.

O alerta para o tratamento endodôntico acontece principalmente pela sensação dolorosa, geralmente na fase aguda, mas também há casos em que não há dor. É consequência de injúria por cárie extensa ou trauma no dente, que pode ocorrer em qualquer idade. Outra complicação é a calcificação ou atresia do canal, gerando dificuldades de acesso durante o tratamento e aumentando o risco de acidentes e insucesso.

As chamadas "lesões" ou "cistos" são consequência do processo infeccioso\inflamatório, de difícil solução e eventualmente necessitam de uma complementação cirúrgica devido à resistência da estrutura patológica além do canal, atingindo o osso e ligamento ao redor do dente, podendo agravar se houverem bactérias ativas, desencadeando uma infecção sistêmica.

Para um bom tratamento endodôntico são importantes: atendimento qualificado, bons materiais e condições anatômicas-patológicas que favoreçam o tratamento e a recuperação do dente, uma vez que nos deparamos com diversas situações que dificultam o sucesso do tratamento, como infecção ativa, tempo de infecção, condição anatômica, outro tratamento realizado que não surtiu o efeito desejado, existência de tratamento reabilitador com prótese, entre outros.

Em alguns casos o "retratamento endodôntico" deve ser feito quando o tratamento anterior não teve efeito desejado, que podem ser ocasionados por não atingir o ponto mais profundo do dente, a total desinfecção, limitações na reparação do dente ou por técnicas, exames, materiais antigos que não permitiam a eficiência que temos hoje.

Atualmente são muitos os recursos para um dentista especialista em endodontia aprimorar o tratamento: imagem ampliada por câmera intraoral, exames como tomografia computadorizada, localizador apical, motor elétrico de endodontia, limas de NiTi rotatória e reciprocante, uso de ozônio medicinal, medicações específicas, técnica de sessão única, entre outros, que permitem proporcionam mais eficiência e segurança, salvando mais dentes antes considerados perdidos.

Envie sua dúvida ou agende uma avaliação!
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square